III Edição do Forró na Chácara em Vicência!

III Edição do Forró na Chácara em Vicência!
Chácara Dornelas - 04 de Maio - 22 horas!

quinta-feira, fevereiro 29, 2024

Pernambuco Sem Fome: governadora Raquel Lyra entrega 100ª Cozinha Comunitária e rede passa a oferecer 440 mil refeições gratuitas por mês em todas as regiões do Estado

O combate à insegurança alimentar e nutricional tem sido uma das prioridades do Governo de Pernambuco, que nesta quinta-feira (28/02) inaugurou a sua 100ª Cozinha Comunitária, desta vez localizada em São Joaquim do Monte, no Agreste Central. Entregue pela governadora Raquel Lyra e a sua vice, Priscila Krause, o equipamento leva o nome da merendeira Irene Maria da Silva. Esta é a sexta cozinha entregue pela gestão estadual somente neste ano, elevando para 45 o total de unidades inauguradas na gestão da governadora. “Em nosso Estado, todos os dias estão sendo servidas 20 mil refeições para a população. Estamos trabalhando um mal que, infelizmente, ainda é presente aqui. Muitas pessoas em Pernambuco ainda não têm o direito de comer três refeições por dia, e quando a gente faz um trabalho como esse, chegando aqui no bairro Areal, uma das comunidades mais carentes do município, conseguimos levar esperança para a população. 

Dessa forma, as pessoas começam a prosperar e pensar em outras coisas que não sejam simplesmente a refeição”, destacou Raquel Lyra. As Cozinhas Comunitárias fazem parte do Programa Bom Prato, um dos três módulos do Pernambuco Sem Fome. O programa prevê um orçamento de R$ 469,5 milhões este ano para o combate à insegurança alimentar, o maior volume de recursos da história para o segmento. Cofinanciados pelo Governo do Estado e administrados pelas prefeituras municipais, os equipamentos distribuem gratuitamente refeições diárias à população em situação de vulnerabilidade. Além disso, esses espaços também podem ser utilizados para capacitação e qualificação, promovendo a geração de emprego e renda para a comunidade.

NOVAS COZINHAS — Na  última sexta-feira (23/02), a Comissão Intergestores Bipartite (CIB/PE) pactuou um orçamento de R$ 37,1 milhões para o cofinaciamento estadual das cozinhas comunitárias em 2024. Desse total, R$ 2 milhões se destinam à instalação de novos equipamentos e R$ 35,1 milhões vão custear a rede já existente. O valor representa um aumento de 107% em relação aos R$ 17,9 milhões pagos em 2023, e um acréscimo de 238% em comparação aos R$ 10,9 milhões repassados em 2022. A CIB pactuou, ainda, que 32 municípios vão ganhar a segunda unidade de suas cozinhas comunitárias, elevando o total de equipamentos previstos para 197. Fotos: Miva Filho/Secom