III Edição do Forró na Chácara em Vicência!

III Edição do Forró na Chácara em Vicência!
Chácara Dornelas - 04 de Maio - 22 horas!

sexta-feira, março 01, 2024

Governadora Raquel Lyra acolhe os 1.572 novos residentes em saúde que vão atuar em hospitais do Estado

Os 1.572 novos residentes em saúde que irão atuar na rede pública de Pernambuco foram recepcionados pela governadora Raquel Lyra, durante cerimônia realizada no Centro de Convenções, nesta quinta-feira (29/02). Os profissionais da saúde fazem parte do programa de Residência Médica e Residência em Área Profissional da Saúde, tipo de pós-graduação de ensino em serviço supervisionado. Este ano, o processo seletivo estadual ofertou 948 vagas nos programas de residência médica e 624 vagas nos programas de residência multiprofissional e na área profissional da saúde, que vão atuar em grandes hospitais como Hospital da Restauração, Hospital dos Servidores do Estado, IMIP, Procape, entre outros. Para 2024 serão investidos R$ 165,7 milhões em novas residências, sendo cerca de 71% de recursos do tesouro estadual, o que corresponde a R$ 118,4 milhões. As novas 110 vagas aprovadas para 2024 representam um incremento de investimento na ordem de R$ 5,4 milhões em relação ao ano anterior. 

De acordo com levantamento do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), Pernambuco é o segundo estado da federação em financiamento de bolsas de residência. Atualmente, há em torno de 3,2 mil residentes em formação, vinculados a 446 programas de residência médica e multiprofissional em saúde. A gestão estadual vem trabalhando para ampliar as redes de atenção à saúde em diversas frentes. O Programa Especialistas por Pernambuco tem objetivo de fortalecer a formação de especialistas em áreas estratégicas para o SUS e promover a interiorização dos programas de residência. Como exemplo estão os programas de residência abertos este ano no Agreste e Sertão pernambucanos, como Medicina de Família e Comunidade (Araripina), Clínica Médica (Arcoverde e Araripina), Ginecologia e Obstetrícia (Araripina e Afogados da Ingazeira) e Pediatria (Araripina), Nefrologia e Pediatria (Caruaru) além do programa de Enfermagem Obstétrica (Limoeiro). Fotos: Janaína Pepeu/Secom.